Wellington Galindo
Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do alto, descendo do pai das luzes, em quem não há mudança..
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Islamismo Origem desenvolvimento e pilares DOM CIERRO R$ 42,50
Textos
Soneto de meus dias
Se vão meus dias, a ponto
De não sentir meu passado
Colhendo o que em planto
Em dor  em lagrima semeado

Meus dias, meu tempo, meu canto
Mas que como tantos, canto calado
Meus dias inspirados e santo
Que folga em sentimentos cortados

Lá se vão meus dias meu sorriso
Lá se vão meus dias e esperanças
E nos que ainda restam, quem sabe preciso

Da esperança que ao infeliz alcança
Possuindo a vida e espalhando riso
Protegendo a alma das más lembranças
DOM CIERRO
Enviado por DOM CIERRO em 26/07/2022
Alterado em 27/07/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links